Artistas CMT na Casa do Território em Famalicão

A Casa do Território em Vila Nova de Famalicão, acolheu, no passado domingo dia 26 de Junho, o primeiro evento realizado no âmbito da iniciativa ‘Famalicão, Cidade Orizuro’. O evento contou com a participação de dois artistas da CMT que guiaram todos os que quiseram construir os seus orizuros e escutar os pássaros do Parque da Devesa em Vila Nova de Famalicão.

Mil Pássaros na Fábrica das Artes/CCB dá lugar a Poemário e Poemário Vivo

Poemário e Poemário Vivo são as novas criações da Companhia de Música Teatral. Depois dos constrangimentos provocados pelo covid-19 que impossibilitaram a realização das iniciativas Mil Pássaros na Fábrica das Artes, a CMT abraça o desafio de pensar uma nova criação feita à medida da nossa necessidade de estarmos juntos. Poemário é fruto do trabalho de um conjunto de artistas que participaram em processos colaborativos, a trabalhar a partir das suas casas durante o tempo de confinamento. É uma “prateleira” de poemas diferentes, emanando do universo criativo da CMT e da relação que tem tido com a Fábrica das Artes ao longo dos últimos anos.
Poemário Vivo é a transformação e incorporação dos poemas numa “performance” online. Poemário Vivo decorreu entre os dias 17 e 21 de junho.

Famalicão é Cidade Orizuro

A Casa das Artes de Famalicão, em coprodução com a Companhia de Música Teatral (CMT), lança o desafio à população do município famalicense: ‘Vamos transformar Vila Nova de Famalicão em Cidade Orizuro!’. Durante cerca de dois meses, todos são chamados a criar em suas casas bandos de pássaros de papel e a colocá-los à sua janela. Depois, quando as famílias tiverem os seus pássaros construídos, são convidadas a enviar fotos das suas criações para o email: casadasartes@famalicao.pt ou a entregá-los numa das entidades aderentes ao projeto:

  • Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão
  • Casa do Território do Parque da Devesa
  • A Casa ao Lado
  • Fundação Cupertino de Miranda
  • Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão

Para ajudar todos a fazer orizuros, está disponível aqui e nas redes sociais da Casa das Artes (Facebook, Instagram e Youtube) um tutorial em vídeo que o ajudará a construir o seu orizuro.

Desafio Mil Pássaros reúne mais de 1.500 pássaros

Chegou ao fim a Campanha Mil Pássaros #umdesejocomum, uma campanha lançada no facebook por várias entidades aderentes ao projeto Mil Pássaros em Lisboa. Esta campanha desafiou todas as pessoas a construírem pássaros em casa, com qualquer material que tivessem à mão e pudessem reciclar, pensando no desejo comum de um mundo melhor. O dia da criança foi a data escolhida para a inauguração da galeria online que reúne o bando de mais de 1.500 pássaros partilhados nas redes sociais desde o dia 17 de Abril. Para ver o bando de pássaros clique aqui.

Lisboa Capital Verde 2020 lança desafio Mil Pássaros nas redes sociais

Foi lançada uma iniciativa nas redes sociais com inspiração no projeto Mil Pássaros.

O projeto «Mil Pássaros» nasceu como um meio de chamar a atenção para as questões da sustentabilidade ambiental. Uma ideia concebida e orientada pela Companhia de Música Teatral que se tem vindo a realizar em equipamentos culturais municipais e em escolas públicas de Lisboa, no âmbito do Programa Educativo da LISBOA CAPITAL VERDE EUROPEIA 2020.
No entanto, os acontecimentos dos últimos tempos ditaram muitas alterações nas nossas vidas e agora os nossos pássaros têm de dirigir-se para outras paragens. Continuamos de olhos postos no ambiente, mas queremos mais. Acreditamos mesmo que tudo vai ficar bem, mas para isso precisamos da ajuda de todos.
O orizuru que acolhemos neste projeto é, na realidade, um origami que representa um pássaro. Na cultura tradicional japonesa, diz-se que um desejo se torna realidade quando alguém faz mil orizurus, enquanto pensa nesse mesmo desejo. Ao longo dos tempos, o orizuru tornou-se um ícone do desejo de paz e de um mundo mais harmonioso.
É esse o desafio que vos lançamos!
Vamos juntos desejar que tudo melhore. Basta um pássaro. Um pássaro feito por cada um de nós, com os materiais que temos por casa e que mais nos inspiram. Papel, cartão, tecido ou pedaços de desperdício doméstico recicláveis… a escolha é vossa.
Vamos dar largas à imaginação e asas aos nossos pássaros!
Vamos fazer #milpássaros. Depois é só fotografar e partilhar neste evento com #milpássaros e #umdesejocomum até ao dia 1 de junho!

Mãos à obra!
A única regra é #FiqueEmCasa.

Mil Pássaros, um desejo comum

“Diz a lenda que fazer mil pássaros enquanto se pensa num desejo, torna esse desejo realidade. Voa. Canta. Dá asas ao teu coração. Faz um pássaro e deseja que tudo melhore.” Este é o desafio que a Companhia de Música Teatral lança a todos os que estão neste momento em casa. Faça um pássaro, ponha-o a voar à janela e envie para info@milpassaros.
Junte-se a nós num desejo comum. 

Aviste o bando de pássaros aqui.
Inspire-se para cuidar dos pássaros sem sair de casa aqui .

Mil Pássaros voa

Os recentes acontecimentos com o Covid 19 obrigaram a adiar as atividades do projeto Mil Pássaros que se realizariam nas escolas ao longo desta Primavera. No entanto, é possível continuar a desenvolver atividades em casa e à distância com a inspiração de Mil Pássaros.

Continuaremos a voar ! 
Junte-se a nós!
Faça um orizuro e deseje que tudo melhore.

Workshop Mil Pássaros junta professores de todo o município de Lisboa

Foram 78 os professores e educadores que responderam ao desafio de integrar a vertente mais alargada do projeto e participar num dos sete workshops Mil Pássaros que decorreram entre 3 e 18 de fevereiro. Neste workhop os professores e educadores tiveram oportunidade de desenvolver ideias que vão adaptar no trabalho com as crianças e respetivas famílias no decorrer do projeto. Os workshops decorreram no Museu da Cidade e foram acreditados pelo Centro de Formação António Sérgio.

Começam hoje as Oficinas de Pássaros em Lisboa

Depois da formação com mediadores e professores, chegou a vez do projeto Mil Pássaros ir até às escolas. De 4 a 22 de fevereiro, cada uma das turmas participantes na vertente do projeto mediada por museus e bibliotecas receberá na sua escola ou no equipamento uma oficina de pássaros. Essa Oficina é dinamizada por um artista da Companhia de Música Teatral e visa proporcionar às crianças e professores uma experiência de fruição musical do material musical de Mil Pássaros.

Mil Pássaros em Lisboa: Inscrições abertas

Estão abertas as inscrições na vertente do projeto Mil Pássaros em Lisboa que abrange todas as escolas públicas do município de Lisboa (Jardim-de-Infância e 1º ciclo).

A inscrição no projeto contempla a receção dos materiais necessários para a montagem de Orizuros e a visita de um performer à escola que recolherá os Orizuros feitos pelas crianças.

Todos os participantes terão ainda a possibilidade de frequentar um dos workshops, de frequência facultativa, onde são desenvolvidas ideias que possam adaptar no trabalho com as crianças e famílias.

Datas disponíveis para workshop (vagas limitadas)

  • 01.02.2020 (sábado) – 14h30-17h30
  • 03.02.2020 (segunda-feira) – 17h00-20h00
  • 07.02.2020 (sexta-feira) – 17h00-20h00
  • 10.02.2020 (quinta-feira) – 17h00-20h00
  • 13.02.2020 (quinta-feira) – 17h00-20h00
  • 15.02.2020 (sábado) – 14h30-17h30
  • 17.02.2020 (segunda-feira) – 17h00-20h
  • 18.02.2020 (terça-feira) – 17h00-20h00

A adesão ao projeto é aberta a todos os professores e feita através do email info@milpassaros.com.

Formação Mil Pássaros convida professores e mediadores de Lisboa a voarem em conjunto

Decorrerão nos dias 11, 18 e 25 de janeiro as três edições da formação Mil Pássaros que junta mediadores (bibliotecas e museus) e professores participantes na vertente mediada por bibliotecas e museus do projeto Mil Pássaros. As formações terão lugar na Biblioteca Palácio Galveias e serão creditadas pelo Centro de Formação António Sérgio.
Na formação, ministrada por Mariana Vences e Rita Roberto, serão exploradas atividades de voz e movimento, de escuta da “paisagem sonora”, de exploração plástica e de educação ambiental, a partir do universo dos pássaros e do material musical do projeto.

Mil Pássaros em Lisboa: Museus e Bibliotecas aderentes

Está definido o conjunto de equipamentos municipais que acolhem o projeto em 2020:

  • Biblioteca de Belém
  • Padrão dos Descobrimentos
  • Castelo de São Jorge
  • Biblioteca Camões
  • Biblioteca de Penha de França
  • Biblioteca Palácio Galveias
  • Biblioteca Orlando Ribeiro
  • Biblioteca dos Coruchéus
  • Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro
  • Museu Bordalo Pinheiro
  • Museu de Lisboa/ Palácio Pimenta
  • Biblioteca de Marvila

Lisboa Capital Verde Europeia 2020 acolhe projeto Mil Pássaros

No âmbito da Capital Verde Europeia 2020, a Companhia de Música Teatral e a Câmara Municipal de Lisboa levam, até Junho de 2020 , um projeto dirigido à comunidade escolar que aborda de forma transversal domínios artísticos e educação ambiental. Através de um processo de escuta e representação artística, convida-se à realização de atividades que despertem os alunos para a fragilidade do planeta que habitamos. Partindo da formação inicial, os interlocutores (professores e mediadores) seguem processos de trabalho em que o envolvimento de cada criança é representado pelo orizuro (origami em forma de pássaro) que constrói e culmina numa grande Instalação Colectiva patente na Estufa Fria durante o mês de Junho.

O projeto pretende juntar toda a comunidade em torno de um objetivo comum e desenvolve-se em duas grandes vertentes:

  • Uma vertente que abrange todas as escolas públicas do município.
  • Uma vertente de maior profundidade e continuidade mediada por equipamentos municipais (museus e bibliotecas)

Mil Pássaros no projeto Cultura É Educação

A constelação srtístico-educativa Mil Pássaros foi acolhida no projeto Cultura é Educação. Cultura É Educação é um projeto que resulta de uma parceria entre o CCB/Fábrica das Artes, o Agrupamento de Escolas de São Bruno, o Ministério da Educação, a Rede Comunidades de Aprendizagem e o Plano Nacional das Artes. Durante o ano letivo de 2019/2020 o Agrupamento de Escolas de São Bruno receberá várias iniciativas Mil Pássaros que culminarão na apresentação da Exposição Inúmera Mão na Fábrida das Artes/CCB em Junho de 2020.

Convento dos Remédios recebe “Orizuro” e Formação Mil Pássaros

Nos dias 4 e 5 de Maio o Convento dos Remédios em Évora encher-se-á de pássaros com a chegada da peça “Orizuro” e da formação Mil Pássaros. Todas as crianças de Évora são convidadas a ir até ao convento escutar os pássaros de Orizuro. O convite é ainda estendido a todos os professores que queiram vivenciar experiências musicais que possam aplicar no seu dia-a-dia com as crianças.

O Nascimento de Mil Pássaros

A Companhia de Música Teatral tem desenvolvido um modelo de trabalho que designa como “constelações artístico-educativas”. Através da construção de diferentes relações com um objeto artístico original, vão nascendo novas formas de criação e intervenção artística colocando em diálogo arte e educação. Na constelação-artístico educativa NOAH um orizuru anunciou esperança. E foi aí que começou a surgir inspiração para Mil Pássaros.

www.musicateatral.com